HNB INVESTE EM PARCERIA COM ANS E SULAMÉRICA EM PROJETO PARA ESTÍMULO AO PARTO NORMAL

Postado em: 23/02/2016

Numa parceria com a ANS – Agência Nacional de Saúde e a seguradora SulAmérica, o Hospital Nipo-Brasileiro deu inicio a um projeto piloto que tem como objetivo diminuir a quantidade de cesarianas sem justificativa médica que tem sido relacionadas a riscos frequentemente enfrentados pelas gestantes e seus bebês, antes durante e após o parto.

Alinhado plenamente com o Projeto Parto Adequado da ANS, esse novo projeto de parceria, além de privilegiar a qualidade, avaliará critérios diferenciais como, por exemplo, a redução das taxas globais de cesarianas realizadas desnecessariamente, diminuição dos índices de internação em UTI neonatal, prevenção da prematuridade, redução de infecções hospitalares, redução de mortalidade materno-infantil e melhoria dos indicadores de assistência previamente sugeridos.

Dados estatísticos divulgados pela OMS – Organização Mundial da Saúde indicam um percentual aceitável entre 10% e 15% nas taxas de parto cesáreo, contra um índice acima de 55% registrado no Brasil em 2012. À exceção dos casos que verdadeiramente justificam a realização de cesarianas, os índices atuais sugerem uma necessidade imediata de iniciativas como essa do Hospital Nipo-Brasileiro, ANS e SulAmérica no esforço conjunto de identificar as causas e propor soluções efetivas.


Compartilhe: